IME - Clínica Cidadã

Saúde de qualidade ao alcance de todos!



4 dicas para prevenir e tratar lesões ao praticar esportes

4 dicas para prevenir e tratar lesões ao praticar esportes

4 dicas para prevenir e tratar lesões ao praticar esportes

Você é um “atleta de fim de semana”? Pratica esportes por hobby e, normalmente, por má preparação física, sai da partida cheio de lesões?  Ou então, você até pratica atividades físicas com frequência mas vive tendo dores musculares? É claro que, se você tem dores com frequência ou precisa de um tratamento específico para cuidar das suas lesões, é fundamental que procure um fisioterapeuta. Mas mesmo antes de buscar atendimento de um profissional da saúde você pode iniciar o tratamento da sua lesão, reduzindo os sintomas inflamatórios comuns. Confira quatro dicas que o fisioterapeuta Regis Severo, da Mercur, elencou pra te ajudar:

1) Proteção e repouso: após a lesão é necessário que a região afetada seja protegida e que se evite que ela seja exposta a esforços que podem agravar ou retardar o processo de cicatrização. Nesses casos, o uso de órteses imobilizadoras ou estabilizadoras, como por exemplo joelheiras, tornozeleiras, cotoveleiras, ou até mesmo o uso de dispositivos de apoio, como muletas, podem auxiliar.

2) Gelo: a crioterapia (tratamento através da aplicação de frio) com uso de bolsas de gelo ou bolsas de gel é uma ferramenta de tratamento importante nessa fase. O frio auxilia na redução dos sinais inflamatórios, como a dor e o edema (inchaço). Pode ser aplicado diversas vezes ao dia por períodos de aproximadamente 20 minutos.

3) Compressão: a compressão associada à aplicação do gelo auxilia na contensão do inchaço. Pode ser realizada com uso de ataduras elásticas. A compressão quando realizada isoladamente (sem uso de bolsas frias) pode auxiliar também na estabilização da articulação. É preciso cuidar com o nível de compressão realizado para não prejudicar a circulação sanguínea local.

4) Elevação: assim como a aplicação de gelo e a compressão, a elevação do membro lesionado tem papel importante para reduzir o inchaço local e, consequentemente, reduzir a dor. Se a lesão for no tornozelo, por exemplo, o ideal é permanecer alguns minutos deitado, com a perna elevada de forma que o tornozelo fique posicionado a uma altura acima do nível do coração.